O Instituto de Pesquisas e Estudos do Turismo da UNISUAM e a Associação dos Embaixadores de Turismo do RJ, com o apoio da Fundação Cesgranrio, realizou pesquisa de 06 a 09 de Fevereiro de 2016  com 1800 turistas estrangeiros que se encontravam no Rio de Janeiro.

 

O Instituto de Pesquisas e Estudos do Turismo da UNISUAM e a Associação dos Embaixadores de Turismo do RJ, com o apoio da Fundação Cesgranrio, realizou pesquisa de 06 a 09 de Fevereiro de 2016  com 1800 turistas estrangeiros que se encontravam no Rio de Janeiro.

A pesquisa foi coordenada pelo professor Bayard Boiteux, coordenador do curso de turismo da UNISUAM e contou com a colaboração de 25 pesquisadores. O objetivo foi de obter o perfil do turista estrangeiro que visitou o Rio durante o Carnaval, a pesquisa foi realizada nos bairros do Centro, Flamengo, Copacabana, Ipanema, Leblon e Barra da Tijuca, a margem de erro é de três pontos percentuais.

Gênero
60% homens
40% mulheres

Meio de transporte
60% aéreo
30% marítimo
10% terrestre

Forma de organização da viagem
65% por conta própria
35% através de agência

Pontos Negativos
25% táxis
20% porto do Rio
15% população de rua
17% zika
10% sinalização turística
8% transporte público
5% wi fi free

Pontos positivos
35% eventos nas ruas
30% população anfitriã
20% preços
10% informação turística
5% segurança turística

Atrativos turísticos mais visitados
45% Corcovado
25% Pão de Açúcar
15% Maracanã
10% praias

Grau de satisfação
80% retornaria ao Rio
20% não retornaria

Periodicidade da viagem
Primeira vez – 80%
Vieram uma ou duas vezes – 15%
Vieram mais de três vezes – 5%

Hospedagem
57% em hotéis
10% em casa de amigos
15% em albergues
10% em aptos alugados
8% em hospedagem domiciliar

Procedência
45% europeus
26% norte-americanos
20% sul-americanos
9% asiáticos

Faixa etária
18/25 anos – 25%
26/40 anos – 32%
41/60 anos – 28%
Mais de 60 anos – 15%

Permanência média
1/3 dias – 25%
4/7 dias – 60%
Mais de 7 dias – 15%

Gasto médio
Até 80 USD – 18%
De 90/140 USD – 35%
150/280 USD – 30%
Mais de USD 290 – 17%

Grau de escolaridade
10% nível fundamental
45% nível médio
35% nível superior
10% pós graduado